Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Programa de Combate à Dengue

Serviço recomendado para

O que é?

O Programa de combate a dengue conta com o trabalho de duas agentes de campo que atuam na prevenção da dengue, fazendo com que não haja a proliferação do mosquito Aedes aegypti. Este trabalho consiste na forma preventiva, pois, no município a doença ainda não existe. Existem 87 armadilhas no município, distribuídas pelos bairros e inspecionadas de 7 em 7 dias, onde há a verificação da possível presença de larvas ou pupas do mosquito. Quando e se encontradas, estas larvas ou pupas são enviadas para a 20ª Gerância Regional de Saúde de Tubarão para que seja efetuada a identificação das espécies no laboratório. Além das armadilhas (ARM), existem também os pontos estratégicos (PE) e os pontos estratégicos de armadilhas (PE de ARM). São colocados pontos estratégicos em borracharias, cemitérios, floriculturas, ferros-velhos, pois os mesmos já oferecem depósitos de água em seu próprio ambiente, e posteriormente possíveis criadouros do mosquito. Nestes locais, as inspeções são realizadas de 15 em 15 dias. Os pontos estratégicos de armadilhas são implantados em locais onde além de inspecionar a armadilha semanalmente, e mensalmente todo o terreno.. Todas estas atividades citadas acima são atividades de rotina, para as quais é elaborado um itinerário com os bairros, nomes de ruas, números e caracterização das residências, comércios, entre outros a serem visitados por cada agente. É realizada também as Pesquisas Vetoriais Especiais (PVE), que são as denúncias feitas pela população, ou quando as próprias agentes observam ou presenciam uma situação que necessita de uma investigação/estudo. Quando há o surgimento de um foco do mosquito Aedes aegypti (forma aquática) é feito uma Delimitação de Foco (DF), onde é aberto um raio de 300m a partir do local onde foi encontrado o mesmo. Em todo este estorno são realizadas inspeções em todas residências, terrenos baldios, comércios, o que chamamos de operação “pente fino”. Após essa etapa, de dois em dois meses durante um ano é feito este mesmo processo em todos os locais que já foram visitados, que é o Levantamento de Índice e Tratamento (LI +T) reforçando a importância da prevenção da dengue em todas as suas formas.
Ver mais
Outras Informações
Objetivos e Funções
OBJETIVOS

• Realizar o monitoramento das Armadilhas por bairro de 7 em 7 dias;
• Realizar o monitoramento dos Pontos Estratégicos de 15 em 15 dias;
• Realizar o monitoramento dos Pontos Estratégicos de Armadilhas mensalmente;
• Atendimento a denúncias;
• Auxiliar na conscientização da população para com a dengue;
• Realizar o monitoramento de dois em dois meses durante um ano no local onde foi encontrado o foco do Aedes aegypti.



FUNÇÕES

• Inspecionar nas datas certas as Armadilhas, os Pontos Estratégicos e os Pontos estratégicos de Armadilhas corretamente, seguindo o itinerário elaborado mensalmente;
• Coletar de forma adequada as formas aquáticas encontradas e encaminhá-las para a 20 ª GERSA;
• Estar a disposição da população quanto ao atendimento de denúncias relacionadas a água parada e limpa;
• Divulgar à população sobre a prevenção da dengue, por meio de folders explicativos, palestras e campanhas educativas, entre outros.


Órgão / Entidade responsável

Secretaria da Saúde

Rua Tarcísio Vilella (Anexa ao antigo PA 24 Horas), 1450 - Caçador
(48) 3623-1846 - Principal
(48) 3623-1625 - Fax
Avalie este serviço
Nos ajude a melhorar a qualidade deste serviço enviando suas críticas e sugestões.
Avalie este serviço

Atendimento preferencial

Lei Federal 10.048 / 2000
As pessoas em qualquer uma das situações abaixo tem a prioridade de atendimento garantida por Lei.
  • Portadores de Deficiência
  • Idosos
  • Gestantes e lactantes
  • Pessoas com criança de colo
  • Obesos

Possui dúvidas ou não
encontrou o que procurava?
Suas dúvidas, reclamações e sugestões são muito bem vindas
Registrar uma dúvida, reclamação ou sugestão

Atendimento preferencial

Lei Federal 10.048 / 2000
As pessoas em qualquer uma das situações abaixo tem a prioridade de atendimento garantida por Lei.
  • Portadores de deficiência física
  • Idosos
  • Gestantes e lactantes
  • Pessoas com criança de colo
  • Obesos