---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

cultura
Capivari de Baixo recebe a última etapa IV Festival Itinerante de Teatro, nos dias 17 e 18

Publicado em 08/11/2018 às 09:55 - Atualizado em 12/11/2018 às 11:00

Capivari de Baixo recebe a última etapa IV Festival Itinerante de Teatro, nos dias 17 e 18O Grupo Teatro Sim... Por Que Não?!!!, de Florianópolis,  estará em Capivari de Baixo nos dias 17 e 18 de novembro, quando finaliza a quarta edição do Festival Itinerante de Teatro, depois de passar pelas cidades de Urupema e Barra Velha. As apresentações no Município serão com entrada franca. Em cada cidade, durante dois dias, são apresentados três espetáculos, em Capivari de Baixo não será diferente. As apresentações são:

- A Farsa do Advogado Pathelin, da Associação Teatro Sim;

- Histórias de Mauro, da Cia Tissier;

- Hipotermia, da NP Produções;

 

Um espetáculo é para todas as idades, um para público infantil e terceiro para maiores de 14 anos. O festival apresenta diferentes linguagens teatrais: Comédia, drama e teatro de bonecos.

O projeto dá sequência às turnês Festival Itinerante de Repertório, em 2011; "Pathelin de A a Z,” em 2012 e 2013; “II Festival Itinerante de Teatro”, em 2015,  "Circulação Teatro Sim – 30 Anos”, em 2016 e III Festival Itinerante de Teatro, em 2017/2018. Esses projetos circularam com grande sucesso por todas as regiões do Estado visitando 62 cidades, incluindo os 10 menores municípios catarinenses.As turnês funcionaram como pilotos para confirmar uma idéia que o Grupo acalenta há muito tempo, que é de atingir também cidades pequenas do interior do Estado com o máximo possível de produções teatrais, com a mesma qualidade e conteúdo do que é apresentado nas capitais e nos grandes centros.

 

A FARSA DO ADVOGADO PATHELIN – (Sábado, dia 17, às 18 horas, na escola Stanislau Gaidzinski Filho – para todas as idades)

 

A peça é uma obra do gênero farsa, escrita em torno de 1460 e seu autor é desconhecido. A discussão sobre ética que o texto propõe continua atual. Esta comédia da astúcia – enganador e enganado – parece celebrar sem reservas o trunfo do dolo, do embuste e da patifaria. Qualquer semelhança com a época em que vivemos seria uma mera coincidência?

    

Um Clássico do teatro catarinense

O espetáculo estreou em maio de 1996 e é apresentado há 22 anos, uma façanha no teatro brasileiro. Foram mais de 700 apresentações nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Maranhão e Santa Catarina, onde a peça já foi encenada em mais de 90 cidades, incluindo as 10 cidades menos populosas do Estado.

Ao longo desses anos, a peça participou de vários festivais nacionais e internacionais de teatro e recebeu 9 prêmios. Com este espetáculo a atriz Berna Sant’Anna ganhou o prêmio de melhor atriz do Conesul e do Festival Isnard Azevedo de 1997. Berna Sant’Anna e Nazareno Pereira, com suas interpretações, também receberam o prêmio de melhor atriz e melhor ator catarinense de 1997. No mesmo ano Júlio Maurício ganhou o prêmio de melhor diretor catarinense com o mesmo espetáculo.

 

Ficha técnica:

Autor: Desconhecido

Adaptação:Perito Monteiro

Consultoria:Neyde Veneziano

Direção:Júlio Maurício

Elenco:

Berna Sant’Anna: Guilhermina

Ismar Medeiros: Juiz

Nazareno Pereira: Pathelin

Sergio Candido:Pastor

Projeto Cenográfico: William Pereira

Figurinos: Norma Ribeiro

Criação e Op. de Iluminação: Júlio Maurício

Operador de Som: Mariana Candido

Fotografia: Cleide de Oliveira

 

HISTÓRIAS DE MAURO – Aicila quer Amar (Domingo, dia 18, às 10 hpras, na Praça da Bandeira, indicado para crianças)


Teatro de bonecos

Mauro é o nome do boneco cenário. Um boneco do qual os diversos personagens da história a ser apresentada vão surgindo, surpreendendo e encantando tanto o público infantil quanto adulto. São usados no espetáculo cinco tipos de manipulações diferentes. Mauro é ao mesmo tempo o narrador e o espaço cênico onde as histórias acontecem.

O boneco/cenário Mauro foi criado e apresentado entre 1990 e 1994 por Gabriel Santiago Tissier. Em 2010, após 19 anos de sua criação, Andrés Tissier, filho de Gabriel, retoma o trabalho e passa a apresentá-lo em  festivais, escolas, praças e inúmeros eventos.

 

Ficha técnica:

Direção: Gabriel Santiago Tissier

Dramaturgia: AndrésTissier

Confecção dos bonecos: Gabriel Santiago Tissier

Figurino: Gabriel Santiago Tissier

Manipulação e atuação: AndresTissier

Fotografia: Sérgio Vignes

 

 

HIPOTERMIA (Domingo, dia 18, às 18 horas, , na escola Stanislau Gaidzinski Filho – indicado para maiores de 14 anos)

 

Um drama Contemporâneo. Espetáculo produzido pela NP Produções, estreou em 2014, em Florianópolis.

Hipotermia é um espetáculo solo interpretado pelo ator Nazareno Pereira, que se lançou a este desafio em comemoração aos seus 30 anos de palco. O espetáculo participou de eventos em Rio Branco/AC, Rio de janeiro, São Paulo e 18 cidades de SC.

Júlio Maurício, diretor da peça, destaca que “a peça coloca em cena um homem com seus conflitos, reflexões e lembranças diante do desalento da morte”. 

Para essa montagem, Zilá Muniz, doutora em teatro, foi convidada para desenvolver o trabalho de corpo. Segundo Zilá “o corpo em Hipotermia é uma complexa rede de pulsões, intensidades e fluxos de energia”.

A ambientação sonora ficou a cargo de Hedra Rockembach que buscou uma ambiência para ordenar a desordem de pensamentos. A trilha sugere o tempo do relógio para que cada espectador vivencie o seu tempo.

O cenário ficou a cargo de Fernando Marés, que confinou o personagem em um pequeno espaço de dois metros quadrados, sugerindo prisão e frio. A iluminação ficou a cargo de Domingos Quintiliano, que reforçou com o trabalho de luz a frieza e o confinamento no espaço.

 

Ficha técnica:

Autor: Max Reinert

Diretor: Júlio Maurício

Ator: Nazareno Pereira

Trabalho de Corpo: Zilá Muniz

Cenografia: Fernando Marés

Desenho de luz: Domingos Quintiliano

Ambientação Sonora: Hedra Rockenbach

Figurino: Júlio Maurício

Execução de Cenário: Sérgio P. Candido

Operação de Luz e Som: Júlio Maurício

Fotografia: Sérgio Vignes

  

Outras informações sobre os espetáculos:

 

Associação Teatro Sim

teatrosim@hotmail.com

teatrosimporquenao.blogspot.com

-

Álvaro Dalmagro - Assessoria de Comunicação/PMCB