Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

vacinometro
25% dos habitantes de Capivari de Baixo já foram vacinados com a primeira dose contra a Covid-19

Publicado em 09/06/2021 às 21:51 - Atualizado em 09/06/2021 às 23:07

"Nossa corrida pela vacinação contra a Covid-19 segue com muita firmeza e seriedade em Capivari de Baixo", resume o prefeito Dr. Vicente Costa. Conforme dados levantados na noite desta quarta-feira (9), pela Vigilância Epidemiológica, 25% dos moradores já foram imunizados ao menos com uma dose contra a doença. A expectativa é que até novembro este quadro alcance próximo dos 80%, restando apenas crianças e adolescentes, último grupo-alvo para receber a medicação contra a pandemia, que já ceifou, até esta noite, 66 vidas capivarienses.

 

Vicente, que é médico, é um dos principais defensores da vacina no município, e orienta que a população procure os postos de imunização conforme calendário dos seus grupos previamente divulgados no site da prefeitura (www.capivaridebaixo.sc.gov.br) e nas redes sociais do poder Executivo. "Já entramos na fase de vacinação das pessoas sem nenhum tipo de comorbidade abaixo dos 59 anos. Agora a tendência é que haja a disponibilidade de mais doses ao município por meio do Ministério da Saúde e Secretaria de Estado da Saúde. Nossa equipe de epidemiologia atua diariamente em ritmo frenético desde o início do ano. Vamos nos proteger e proteger também o próximo. Juntos, venceremos esta pandemia", mira o prefeito.

 

São 25 mil habitantes e 8.032 doses já aplicadas até aqui, sendo 6.270 pessoas já imunizadas, 1.762 com as duas doses. Lucimar de Souza Mendes, técnica de enfermagem que trabalha há 20 anos na municipalidade e ainda atua na linha de frente no combate ao coronavírus, foi a primeira a receber uma dose da vacina contra a Covid, no último dia 20 de janeiro. O imunizante foi aplicado pelo prefeito. Portanto, esta campanha completa, hoje, quatro meses e 19 dias. De lá para cá, 6.270 primeiras doses foram efetuadas, sendo 1.762 pessoas já protegidas com a segunda dose também, e justamente dos principais grupos de risco (idosos e moradores com algum tipo de comorbidade).

 

Aí nesses números globais estão contabilizados 468 trabalhadores da saúde, 19 idosos institucionalizados, 3.498 idosos, dois deficientes institucionalizados, 353 descendentes de quilombolas da comunidade de Ilhotinha, 78 pessoas entre 18 e 59 anos com deficiência permanente grave, uma pessoa em situação de rua, 486 trabalhadores da educação e 60 das forças de segurança, além de 42 caminhoneiros e 1.255 moradores com algum tipo de comorbidade. Também receberam a primeira dose oito gestantes e puérperas com comorbidades.

 

O próximo grupo será os caminhoneiros, na Estratégia Saúde da Família (ESF) Centro II, na rua João Ernesto Ramos, 110, ao lado da Rádio 102 (referência), das 7h30 às 11h30 e das 13h15 às 15h30. No mesmo local amanhã será aplicada a segunda dose a pacientes previamente vacinados.